Repelente Protege Contra Mosquito da Dengue ?

Repelente não protege 100% contra o mosquito da dengue

A dengue é uma doença comum causada pela picada do mosquito infectado Aedes aegypti. Infelizmente ainda não existe vacina contra a dengue por isso é importante se prevenir contra a picada do mosquito.

O repelente de inseto não oferece garantia total de que a pessoa não será picada. Para garantir a eficácia dos produtos é importante seguir rigorosamente as instruções de aplicação e reaplicação de cada um deles.

Deve-se notar que repelentes não matam os mosquitos da dengue. Eles apenas fazem com que o humano seja menos atraente para os mosquitos. Repelentes evitam picadas de mosquito por inibir estímulos de alimentação de sangue do mosquito.

Repelentes de mosquitos que estão disponíveis hoje podem ser classificados em duas categorias: de produtos químicos sintéticos e produtos químicos derivados de plantas. Repelentes sintéticos incluem DEET (dietiltoluamida), Picaridin (também conhecido como icaridina) e IR3535. Repelente à base de plantas incluem citronela, geraniol e óleo de eucalipto citriodora. Diferentes formulações destes repelentes estão presentes e variam na quantidade de ingrediente ativo (substância que, na verdade, repele o mosquito).

Repelente que você deve usar

DEET: desenvolvido pelo Exército dos EUA na década de 1950 é o repelente mais eficaz. Repelentes com DEET não devem ser aplicados em bebês com menos de 2 meses de idade. Crianças acima de três meses podem usar repelentes com DEET em concentrações de 30% ou menos. Repelentes de mosquito com maior concentração não fornece proteção adicional, mas eles fornecem proteção durante um período mais longo.

Picaridin: foi desenvolvido na década de 1990, é tão eficaz quanto DEET e tem um aroma muito agradável comparado com DEET. Está disponível em formulações que vão desde menos de 10% até 20%.

Permetrina: repelentes com princípio ativo são destinados para uso em itens tais calçados, roupas, equipamentos de camping, mosquiteiros, etc. Eles não devem ser usados ​​sobre a pele.

Citronela: óleo de citronela é um ingrediente comum em repelentes de mosquito à base de plantas. É destilado a partir de duas espécies de gramíneas. Vale lembrar que algumas pessoas podem ser alérgicas a citronela.

Geraniol: é encontrado em muitos óleos vegetais, incluindo citronela, capim-limão e óleo de rosa. Em 1990, os pesquisadores identificaram geraniol como uma alternativa eficaz para quem não quer usar produtos que contenham DEET. Repelente com Geraniol protege de picadas de mosquito entre 2 a 4 horas, dependendo das diferentes espécies de mosquitos.

Óleo de eucalipto citriodora: este é um óleo à base de plantas naturais. Ele funciona bem na prevenção de picadas de mosquito. Estes produtos não devem ser utilizados em crianças com idade inferior a 3 anos.

Vale lembrar que o suor, por exemplo, diminui a eficácia do repelente.

Repelente Protege Contra Mosquito da Dengue 1

Repelente Protege Contra Mosquito da Dengue 2

Repelente Protege Contra Mosquito da Dengue 3 Repelente Protege Contra Mosquito da Dengue 4



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *