Porcos podem doar Órgãos para Humanos ?

No futuro coração de porco poderão salvar vidas

Milhares de pacientes morrem todos os anos à espera de um órgão do doador adequado. Além disso o transplante de órgãos é um dos procedimentos médicos mais caros, não apenas por causa do processo de cirurgia necessária. Na maioria dos casos, aqueles que sofrem de insuficiência de órgãos tem que esperar até que a morte de um doador compatível para conseguir o órgão desejado.

Para amenizar a dificuldade de obtenção de órgãos adequados, cientistas têm procurado ajuda junto a animais, mas com pouco sucesso. O problema com órgãos de animais é que ele frequentemente é rejeitado pelo sistema imunológico – mas a engenharia genética tem avançado nesse sentido.

Os cientistas hoje acreditam que o coração de porcos geneticamente modificados podem ser transplantados em seres humanos para resolver o problema de escassez de doadores de órgão.

Pesquisas anteriores usando órgãos transplantados em primatas só durava por um período máximo de seis meses antes de ser rejeitado. Mas, recentemente pesquisadores transplantaram com êxito um coração de porco em um babuíno a mais de um ano atrás e ele ainda está funcionando.

Mas os pesquisadores da Harvard Medical School têm ajustado o DNA de porcos, de modo que os corações sejam mais compatíveis com primatas e seres humanos. Usando a técnica Crispr os pesquisadores já conseguiram eliminar todas as 62 cópias dos retrovírus das células de porco que poderia potencialmente causar doenças se ativado em órgãos transplantados.

O estudo foi apresentado na 94ª Reunião Anual da Associação Americana de Cirurgia Torácica em Toronto.

Existe uma escassez de órgãos de modo que este pode ser potencialmente promissor. Mas ainda existe um longo caminho a ser percorrido. Os pesquisadores ainda têm de provar isso funcionaria em seres humanos.

Porcos podem doar Órgãos para Humanos 1

Porcos podem doar Órgãos para Humanos 2 Porcos podem doar Órgãos para Humanos 3 Porcos podem doar Órgãos para Humanos 4



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *