Dicas de Alimentação para Idosos

Alimentos essenciais para idosos

Conforme as pessoas envelhecem, as suas dietas podem precisar mudar, especialmente se a alimentação para idosos não são bem equilibradas. Geralmente, os médicos recomendam uma alimentação para idosos m,ais equilibrada, o que significa que eles devem comer uma variedade de frutas, grãos vegetais, proteínas para amnter e melhorar a saúde geral. Além de comer uma variedade de alimentos saudáveis​​, existe uma lista de alimentos que podem ser incorporados a dieta para aumentar a saúde.

Prepare refeições ricas com o seguintes nutrientes:

Ácidos gordos omega 3
É comprovado que os ácidos gordos podem reduzir a inflamação, responsável por causar doenças cardíacas, câncer e artrite. Eles podem ser encontrados em muitos tipos diferentes de peixe e no óleo de linhaça. O ideal é ingerir esses ácidos pelo menos duas vezes por semana. Se isso não for possível, é importante conversar com o médico para pedir a prescrição de um suplemento de ômega 3.

Cálcio e vitamina D
A necessidade de vitamina D e cálcio aumenta com a idade. Eles vão ajudar a preservar a saúde dos ossos. Um benefício adicional do cálcio é que ele ajuda a reduzir a pressão arterial. Adultos com mais de 50 anos de idade precisam de pelo menos 1.200 miligramas por dia do nutriente – o equivalente a cerca de quatro copos de leite por dia. Muitas pessoas acham que é um desafio consumir essa quantidade de cálcio por dia, comendo e bebendo, de modo que pode ser importante falar com o medico para saber se o idoso deve tomar um suplemento de cálcio.

Limitar o teor de sódio
A maioria dos idosos têm hipertensão – pressão arterial elevada. Uma das coisas mais importantes é reduzir a ingestão de alimentos com alto teor de sódio. O ideal é evitar alimentos congelados, processados ou comida de restaurante, que são extremamente ricaos em sódio. Os alimentos com menor teor de sódio são frutas e legumes.

Hidratação
Conforme as pessoas envelhecem, elas muitas vezes não sentem sede, apesar dos corpo ainda precisarem da mesma quantidade de líquidos. É importante ficar atento a este fato. Para saber se um idoso precisa de mais água, obeserve a urina. Se a urina é clara e leve, é provavel que o idoso esteja hidratado. Se no entanto, a urina é turva ou escura, é preciso tomar mais água.

Fazer mudanças na dieta pode ser difícil para qualquer um. Pode ser especialmente difícil para os mais velhos, porém, porque as pessoas ficam presas em hábitos.

As pessoas mais velhas geralmente são céticas em relação a mudanças. Eles precisam fazer pequenas mudanças de forma gradual.

Por exemplo, se o idodo é diabético e precisa ajustar a sua ingestão de carboidratos, incorpore aveia no cafe da manhã uma ou duas vezes por semana. À medida que ele vai se acostumando com a aveia, adicione-a três a quatro vezes por semana.

Às vezes, os adultos mais velhos simplesmente se recusam a fazer alterações nutricionais necessárias, mesmo que seja recomendado pelo médico. Pessoas com demência, especialmente, pode se recusar a comer certas coisas. Seja criativo. Se o idoso precisa de proteína, tente fazer-lhes um smoothie com gérmen de trigo. Às vezes, os alimentos podem ser misturados em um smoothie para garantir que o idoso consome os nutrientes necessários.

Alimentação para Idosos 1

Alimentação para Idosos 2

Alimentação para Idosos 3

Alimentação para Idosos 4

Alimentação para Idosos 5



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *