Azeite de dendê – Calorias

Azeite de dendê adiciona sabor aos alimentos

O azeite de dendê vem do fruto de uma palmeira africana (Elaeis guineensis), nativa da África Ocidental, na região da Angola e Gâmbia. Dendezeiros maduros crescem a uma altura de até 20 metros e produz um fruto vermelho brilhante. É a partir da polpa da fruta que o azeite de dendê é processado..

O azeite de dendê chegou ao Brasil junto com os milhões de escravos africanos que foram trazidos para para trabalhar nas minas de ouro e nas plantações de açúcar e algodão. O azeite de dendê é consumido por todo Brasil.

Azeite de dendê e seu consumo é um tema controverso entre botânicos e nutricionistas. No lado positivo, a cor vermelha-laranja brilhante do óleo é devido à presença de níveis elevados de carotenos – alfa-caroteno, beta-caroteno e licopeno. Estes fitonutrientes são altamente benéficos para os seres humanos e têm importantes propriedades anti-oxidantes. Os estudos mostram que dendê tem até 15 vezes mais beta-caroteno do que as cenouras. É também uma fonte de tocotrienol, parte da família de vitamina E.

Por outro lado, o azeite de dendê é altamente saturado, e o alto consumo tem efeitos deletérios em seres humanos, principalmente um aumento nos níveis de colesterol. Dendê não contem colesterol, mas pode contribuir para aumento dos níveis de colesterol em seres humanos, tanto de LDL (colesterol “ruim”) e HDL (colesterol “bom”).

O azeite de dendê é muito usado na cozinha brasileira, no preparo de peixes e outros pratos da gastronomia nordestina. Em cada 100 ml (meio copo) de azeite de dendê contém 870 calorias.



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *